Medicamento Genérico

Consulte a lista medicamentos genéricos registrados pela ANVISA ( atualizado até 30/03/2012 ).


  • » Medicamento Genérico
  • » Identificação do Genérico
  • » Consultar

O que é um Medicamento Genérico?

A política Nacional de Medicamentos foi implantada pelo Governo Federal através da lei dos Medicamentos Genéricos (Lei nº 9.787, de 1999) com os seguintes objetivos:

  • − Estimular a concorrência e a variedade de oferta de remédios no mercado;
  • − Melhorar a qualidade de todos os medicamentos;
  • − Redução dos preços dos medicamentos facilitando o acesso da população aos tratamentos.

Medicamento Genérico é aquele que tem a mesma fórmula ou contém o mesmo fármaco (princípio ativo) - na mesma dose e forma farmacêutica - administrados pela mesma via e indicação terapêutica que produz os mesmos efeitos no organismo de um medicamento de referência (conhecido pela marca comercial).


Como identificar o genérico?

Basicamente a identificação do genérico ocorre através das seguintes características:

  • − Apresenta uma tarja amarela, contendo uma grande letra G e a inscrição Medicamento Genérico;
  • − Por não ser de marca, o remédio genérico não tem nome comercial;
  • − Na embalagem contém apenas seu princípo ativo.

O que é importante saber?

Os medicamentos genéricos passam por testes de controle de qualidade que asseguram que eles são intercambiáveis com os medicamentos de referência.


Os medicamentos similares possuem o mesmo princípio ativo que os medicamentos de referência, mas não são intercambiáveis com eles.

O que devo observar na embalagem?

Medicamento Genérico
  • − Nome comercial do medicamento (ausente em genérico). Em caso de medicamento fitoterápico, deve apresentar o nome botânico da planta;
  • − Denominação genérica;
  • − Nome, endereço e CNPJ da empresa produtora;
  • − Nome do fabricante, local de fabricação do produto e o número do lote;
  • − Data da fabricação (mês / ano) e da validade (mês / ano);
  • − Número de registro (MS seguido do número, constando 13 números, iniciados com I);
  • − Composição do medicamento, quantidade e via de administração;
  • − Nome do farmacêutico responsável técnico e seu número da inscrição no CRF;
  • − Telefone do Serviço de Atendimento ao Consumidor - SAC;
  • − Lacre de segurança (embalagem lacrada);
  • − Tinta reativa, que quando raspada com metal deve apresentar a palavra QUALIDADE E NOME DO LABORATÓRIO; ou selo de rastreabilidade.
 1  Nome do Princípio Ativo    2  Lei nº 9.787 de 1.999    3  Tarja Amarela
Como os genéricos não tem marca, o que você lê na embalagem é o Princípio Ativo.   Na embalagem tem que estar escrito "Medicamento genérico" e o número da lei (Lei nº 9.787 / 99).   Todos os medicamentos genéricos devem ter a tarja amarela para facilitar a identificação dos mesmos.
 
 4  Letra grande G    5  Venda sob Prescrição Médica
Deve apresentar a letra "G" seguido da frase "Medicamento Genérico".   Pergunte ao seu médico se existe um genérico equivalente ao seu.  

Receba por email novidades e ofertas da Farma & Cia!

ajax-loader  enviando...
Publicidade Loreal Publicidade Davene Publicidade Fixodent